Cássio quer nova reunião com Cícero, mas rumores sinalizam crise intensa

Muitas especulações a respeito da reunião mantida ontem pelo ex-governador Cássio Cunha Lima com deputados do PSDB surgiram no dia de hoje. A principal delas é de que a crise entre ele e Cícero Lucena teria piorado depois que Cássio manifestou o desejo de assumir a presidência do partido. Na conversa com os parlamentares, Cássio disse que pretende se reunir de novo com o senador e com a bancada ainda esta semana para definir se assume ou não o diretório do PSDB. O discurso de unidade foi buscado, mas alguns deputados revelaram que as divergências são intensas.

Um grupo mais ligado a Cássio defende que sejam cogitadas duas possibilidades para 2010: a candidatura de Cícero Lucena ao Governo ou o apoio do partido ao PSB de Ricardo Coutinho. A ala cicerista não aceita e se sente ultrajada pela inclusão do socialista na discussão.

Depois das conversas de Cássio com os deputados, surgiram informações extraoficiais de que Cícero vai pedir uma definição breve do ex-governador sobre sua candidatura. Caso não haja a incorporação dele ao projeto de postulação própria, as chances de convivência no PSDB seriam praticamente extintas. Cícero, inclusive, teria ficado contrariado com a tese de oferecer a presidência de honra do ninho tucano ao ex-governador. Segundo uma fonte que pediu reservas, essa possibilidade foi citada por um assessor, mas não teria obtido o aval do senador.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.