Cássio desabafa e admite ser duro não assumir o mandato de senador

Cássio Cunha Lima (PSDB) senador preferido por 1.004.183 eleitores no dia 3 de outubro, desabafou ontem sobre o fato de não conseguir assumir o cargo, apesar da votação maciça que recebeu. Hoje, quando os dois senadores paraibanos tomam posse, Vital Filho (PMDB) e Wilson Santiago (PMDB) chegaram ao Senado Federal. Em seu microblog, Cássio comentou: "É muito duro fazer uma campanha, uma comovente caminhada por toda a Paraíba, ser eleito legitima e democraticamente e não tomar posse".

O ex-governador, também declarou através do microblog que está confiante no resultado positivo do Recurso Extraordinário que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) que pede a sua posse como senador da República.

Ele declarou que não deixará se abater pelo fato de não estar tomando posse na data de hoje e que vai permanecer na luta para garantir a validade dos votos dos eleitores que foram às urnas e o consagraram como o senador mais votado da história da Paraíba. Ele disse que tem consciência do seu papel neste instante e portanto deve lutar e contribuir com o debate democrático fazendo a parte que lhe cabe.

Noutro momento Cássio disse que está “firme, sereno e confiante que um pouco mais adiante estarei assumindo o mandato que me foi concedido pela maioria dos paraibanos”. Para Cássio, “o respeito à vontade da maioria é a essência da democracia”.

O senador escolhido pelo povo paraibano disse ainda que vai utilizar as redes sociais cada vez mais no sentido de conferir legitimidade às ferramentas de interação com a sociedade “Vou usar a NET, as redes sociais, para uma espécie de Parlamento Virtual”. Não podemos nos calar muito menos desistir. Lutarei até a vitória final pois o que está em jogo não é apenas um mandato de senador e sim a soberania popular pela qual lutamos muito para reconquistá-la”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.