Casal Obama negocia com Netflix pra protagonizar série

Barack e Michelle Obama negociam o lançamento de uma série com a Netflix, noticia o The New York Times. Embora a notícia ainda não seja confirmada oficialmente, o jornal norte-americano afirma que as conversações estão em uma etapa “avançada” e que a plataforma pagará ao ex-presidente e à ex-primeira-dama por conteúdos exclusivos.

Obama não usará a série para responder diretamente ao atual presidente, Donald Trump, ou a seus críticos, disseram ao jornal fontes próximas às negociações. Em vez disso, o foco dele será destacar histórias inspiradoras. O número de episódios e o formato dos programas ainda não foram decididos.

O Times informa que uma das possibilidades é que Barack Obama seja o mediador de mesas-redondas sobre temas que marcaram sua presidência, como “os serviços de saúde, o direito ao voto dos imigrantes, a política externa e a mudança climática”. Outra opção teria Michelle Obama como protagonista, tratando de assuntos como “a nutrição, que ela defendeu na Casa Branca”.

Ainda não se sabe quanto a Netflix pagará ao casal Obama. O jornal cita como referência um contrato recente entre a plataforma de conteúdos e o produtor Ryan Murphy (Glee e American Horror Story). Nesse caso, o roteirista assinou um contrato de 300 milhões de dólares (974 milhões de reais) mas o NYT esclarece que Murphy está entre “os mais procurados da indústria televisiva”. Várias pessoas próximas às negociações declararam que executivos da Apple e da Amazon, que têm suas próprias plataformas de streaming, também mostraram interesse em conversar com o casal Obama.

 

 

El País

Comentários