Cartaxo vai à Câmara e diz que seu governo não alimenta rancores

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), compareceu hoje de manhã à sessão de abertura dos trabalhos legislativos da Câmara e fez um pronunciamento  de prestação de contas de seu primeiro ano de gestão, além de afirmar que a tônica de seu governo é a "humanização". Ele prometeu contratar ainda este ano todos os 1.300 candidatos aprovados no concurso da Educação e anunciou que a posse de 250 aprovados na Guarda Municipal será realizada às 10 horas da segunda-feira, 3 de fevereiro.
 
"Os pessoenses querem um governo humanizado que não alimente rancores. Não há espaço para maquiavélicos que semeiam o medo. A prefeitura realizou um concurso e ainda este ano vamos chamar todos os aprovados porque não fazemos brincadeira com concurso", disse o petista.
 
Entre as realizações citadas pelo prefeito da capital em 2013 estão a pavimentação da avenida Cabo Branco até o fim de Tambaú, construção de 12 creches, alargamento de faixas da avenida Epitácio Pessoa, troca da iluminação da Epitácio e da Rui Carneiro, além da Lagoa. Ele ainda destacou as ações da habitação e disse que em 2013 foi iniciada a construção de 5 mil novas unidades habitacionais. "Não estamos fazendo isso no último ano de governo, mas no primeiro. Esse é nosso planejamento".
 
Cartaxo ainda defendeu sua política cultural e o investimento em shows e eventos, que têm motivado críticas da oposição: "Acabou-se o tempo em que o prefeito ou um grupinho decidiam que tipo de atração seria trazido para João Pessoa. O segredo do sucesso dos eventos não é o investimento, mas a pluralidade. Agora, todos se sentem contemplados. Ninguém está excluído e é por isso que o povo participa mais. E criticam por que? é proibido ser feliz em João Pessoa?".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.