Cartaxo não cita Maranhão em discurso no encontro estadual do PT

Foi aberto na noite desta sexta-feira, 9, no Hotel Ouro Branco, em João Pessoa, o Encontro Estadual do PT. O evento, que tem a previsão de discutir a quem o partido dará o apoio nas eleições de outubro, já começou quente. Em seu discurso, o vice-governador Luciano Cartaxo (PT), preterido pelo governador, não citou José Maranhão (PMDB) em qualquer momento. Em seguida, o presidente do PC do B, Agamenon Sarinho, discursou e ressaltou o apoio ao governador peemedebista. Ele foi sucedido pelo presidente estadual do PMDB, Antônio Souza, que garantiu espaço na chapa majoritária de Maranhão ao PT. O nome de Cartaxo, contudo, não foi citado.

Com o clima tenso, o deputado federal Luiz Couto repetiu parte do que dissera à Rádio 101 FM à tarde, se solidarizou ao constrangimento de Luciano, que segue determinado a permanecer como vice de Maranhão, embora não tenha recebido nenhuma confirmação do chefe do executivo. Ao mesmo tempo, Couto destacou que Cartaxo estaria sendo "humilhado" de maneira pública pelo chefe do executivo.

Numa tentativa de desfazer todo o mau estar, o deputado estadual Jeová Campos defendeu o nome de Cartaxo como vice de Maranhão e acrescentou que ele aglutina a esquerda.

No twitter, o superintendente do Sebrae da Paraíba, Júlio Rafael, ironizou as declarações de Jeová:

– Adonde chegou a esquerda paraibana, pergunto eu. Luciano Cartaxo aglutinando a esquerda.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.