Carlos Antônio acusa Vituriano de Abreu de receber salário superfaturado

O ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Antônio (DEM), reagiu hoje às provocações do adversário Vituriano de Abreu. Carlos fez graves denúncias à imprensa sertaneja, acusando o também ex-prefeito Vituriano de receber R$ 4 mil mensais da Policlínica Municipal, referentes a duas horas de expediente por semana.

O ex-chefe do executivo cajazeirense afirmou que Vituriano é médico do PSF do Sitio Cocos, de onde recebe um salário de R$ 4.000,00, prestando 40 horas semanais, assumindo ainda a Policlínica, de onde também recebe outros R$ 4.000,00, totalizando R$ 8.000,00 mensais.

Carlos Antonio acusa o médico Vituriano de ocupar dois postos de atendimento, infringindo o que determina a Legislação, que não permite, que um profissional seja duplamente remunerado.

Ele prometeu levar a queixa ao conhecimento do Ministério Público, a quem caberá apurar as possíveis irregularidades no quadro de pessoal da administração municipal em Cajazeiras.

Na última quarta-feira, Vituriano ocupou as rádios de Cajazeiras para repreender o Tribunal de Contas, que aprovou os balancetes da gestão de Carlos Antônio, em grau de recurso. Inconformado com a decisão, Vituriano chegou a classificar a Côrte de desonesta. Por esse motivo, recebeu a promessa de um processo por parte dos conselheiros do TCE.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.