Candidatos a prefeito fazem convenções em Itapororoca

A eleição no município de Itapororoca foi considerada inválida pelo Tribunal Regional Eleitoral. Com novo pleito marcado para o dia 16 de maio, sete partidos realizam hoje e amanhã as convenções para escolher os candidatos a prefeito. A disputa tende a ser polarizada entre o presidente da Câmara Municipal e prefeito interino Erílson Cláudio Rodrigues (PTB) e o ex-prefeito Celso de Morais Neto (DEM), que teve o mandato cassado no dia 5 de abril no TRE.

A convenção dos Democratas de Itapororoca começou às 9 horas de hoje e ainda reúne os partidos aliados PP e PSB. Os pré-candidatos Ricardo Coutinho (Governo), Cássio Cunha Lima e Efraim Morais (Senado) confirmaram presença no evento que deve indicar Celso Morais como candidato a prefeito. Para vice, deve ser confirmada a ex-vice-prefeita Elissandra Brito (PP).

Apesar de Celso e Elissandra estarem quase confirmados na disputa das eleições 2010, a dupla não conseguiu unir a oposição de Itapororoca, que segue dividida entre Celso e o prefeito Erílson Rodrigues.

Histórico – A pendenga judicial que levou à realização de novas eleições em Itapororoca começou quando O PRB alegou que a votação atribuída ao candidato José Adamastor, que teve seu registro indeferido pela Justiça Eleitoral, devia ser computada como votos nulos para fins de invalidade das eleições para o cargo de prefeito. No recurso, o partido alegou que esses votos ultrapassaram 50% dos válidos, assim justificando novas eleições no município.

Celso Morais, o segundo colocado no pleito, entretanto, também não poderia assumir o posto, pois só obteve 45% (4.608) dos votos válidos. A Côrte Eleitoral, então, aprovou a realização de novas eleições no município.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.