Câmara de Bayeux cassa mandato de Luiz Antônio

Por 12 votos a 5 a Câmara Municipal de Bayeux cassou na noite desta quarta-feira (4) o mandato do prefeito interino afastado da cidade, Luiz Antônio.

Durante a sessão extraordinária, que durou mais de dez horas e terminou por volta das 21h, Luiz Antônio foi considerado culpado por “proceder de modo incompatível com a dignidade e o decoro do cargo”, como está previsto no decreto-lei 201/1967, que versa sobre a responsabilidade dos prefeitos e vereadores.

Luiz Antônio foi julgado por quebra de decoro, sob a acusação de ter cobrado propina a um empresário para divulgar vídeo contra o prefeito eleito, também afastado, Berg Lima (sem partido).

A decisão da Câmara Municipal de Cabedelo sobre a decisão da cassação do mandato de Luiz Antônio deve ser comunicada nesta quinta-feira (5) pela Casa, via ofício, ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Comentários