Cabo da PM ameaça motociclista com arma durante protesto em João Pessoa

Um cabo da Polícia Militar foi flagrado ameaçando com uma arma um motociclista que participava do protesto realizado ontem em João Pessoa cobrando a prisão do empresário Ruan Ferreira de Oliveira, conhecido como Ruan Macário, motorista que atropelou e matou o entregador Kelton Marques, de 33 anos, na madrugada de 11 de setembro. No fim da tarde de ontem, dezenas de motociclistas bloquearam a avenida Flávio Ribeiro Coutinho, o Retão de Manaíra, em protesto pelo fato de o suspeito continuar foragido embora haja contra ele a decretação de prisão preventiva pelo crime.

A manifestação no Retão durou cerca de duas horas e de lá a “motociata” passou pelas principais avenidas da capital paraibana. No encontro da Epitácio Pessoa com Ruy Carneiro, um cabo da PM que não foi identificado e que estava de folga desceu do carro com uma arma em punho e a apontou contra um dos motociclistas. A intervenção da PM acalmou os ânimos. O vídeo da abordagem viralizou nas redes sociais e o PM responsável pela ameaça foi liberado.

O protesto seguiu e foi até a Central de Polícia onde familiares de Kelton Marques conversaram com autoridades da Polícia Civil, dentre as quais o delegado Rodolfo Santa Cruz, que preside o inquérito. Ele informou que todos os esforços para a prisão de Ruan estão sendo feitos e acrescentou que novas evidências sobre o caso chegaram ao conhecimento da polícia nos últimos dias.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.