Bruno quer que Cagepa antecipe manutenção e não danifique ruas pavimentadas

O prefeito Bruno Cunha Lima anunciou, neste sábado 24, na Rádio Caturité, que nos próximos dias passará a enviar à Gerência local da Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba -Cagepa, com antecedência de até 60 dias, o cronograma ou lista completa das ruas que passarão por processo de pavimentação asfáltica em Campina Grande. Ele também anunciou licitação para um novo pacote de pavimentação de 200 ruas na cidade.

Com a estratégia de antecipar a lista de ruas programadas para pavimentação à Cagepa, Bruno Cunha Lima pretende anular a desculpa apresentada pela companhia de que as obras tocadas por empresa contratada pela Prefeitura, com equipamentos pesados, estariam danificando o sistema de abastecimento nas ruas.

A meta objetiva é fazer com que a Cagepa efetive a manutenção preventiva nas ruas antes delas serem asfaltadas. Até hoje, essas ações da companhia estadual em artérias pavimentadas pela Prefeitura, gerando transtornos e prejudicando as obras já executadas pelo município.

Bruno lembrou e lamentou que, logo no início do ano, foi feita toda a reestruturação asfáltica do Canal do Prado, na Avenida Noujaim Habib, desde o Parque da Criança até a linha do trem mas, 10 dias após a conclusão dos serviços, foi aberto um buraco naquela via e, em seguida, feito um “remendo de péssima qualidade”.

“Em geral, assim que uma rua é pavimentada, um buraco é logo aberto, depois segue-se um ‘remendo’ que é uma verdadeira ‘colcha de retalhos’. Isto é péssimo para a comunidade, especialmente em detrimento do contribuinte que paga seus impostos para ter serviços de qualidade. Tal fato causa uma justa revolta tanto por parte dos moradores das ruas beneficiadas, como dos integrantes da nossa administração”, desabafou o prefeito.

Mais pavimentações

Durante a entrevista à Rádio Caturité, Bruno Cunha Lima fez uma importante comunicação: além das 150 ruas pavimentadas nos últimos seis meses – entre calçamento e asfalto – cerca de 200 vias de vários bairros da cidade já estão em processo de licitação para o atendimento de demandas históricas da população.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.