Bruno garante que PPS não estará com Ricardo

O vereador Bruno Farias comentou hoje a informação divulgada por setores da imprensa paraibana sobre um eventual aceno do presidente nacional de seu partido, Roberto Freire, em relação a uma aliança com o PSB de Ricardo Coutinho na Paraíba. Para Bruno, a garantia de autonomia do diretório estadual foi dada anteriormente pelo dirigente e não deve ser alterada. 
 
– O PPS é oposição ao governo federal desde a época de Lula e se mantém coerente, mas na Paraíba, essa notícia de intervenção da nacional no diretório estadual não tem o menor cabimento. No Congresso Nacional do PPS foram feitas muitas ressalvas em relação às realidades locais e um caso emblemático, citado, inclusive, pelo presidente Roberto Freire, foi o da Paraíba. Ele disse que as peculiaridades estaduais seriam respeitadas. Aqui, ele sabe que há divergências políticas profundas com o PSB e disse que elas serão respeitadas. Ele, até, já aprovou um indicativo de apoio a uma provável candidatura de Cássio Cunha Lima ao Governo. Se ela não houver, nosso partido pode lançar candidato próprio ao Governo. 
 
Para Bruno, um dos nomes que podem concorrer ao Governo nas eleições de outubro é o do presidente estadual da sigla, Nonato Bandeira.
 
A entrevista foi concedida ao repórter Dênis Coelho, da Nova Tambaú FM.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.