Bolsonaro diz que não polemiza com condenados ao falar sobre Lula e que não sente falta de Julian Lemos

Em Campina Grande, onde participa da solenidade de inauguração do Complexo Habitacional Aluízio Campos, o presidente Jair Bolsonaro se negou a comentar as críticas feitas pelo ex-presidente Lula, solto na última sexta-feira. “Eu não vou polemizar com esse cara, condenado”.

Questionado sobre a ausência do deputado federal Julian Lemos, presidente do PSL na Paraíba, na solenidade, Bolsonaro disse que não sentia a falta do paraibano na solenidade.

Bolsonaro desembarcou no Aeroporto João Suassuna por volta das 10h, acompanhado dos ministros do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Ele foi recepcionado pelo prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues e outras lideranças políticas.

No complexo, ele conheceu uma das 4.100 unidades, que serão entregues aos moradores hoje.

Bolsonaro deve permanecer pouco tempo em Campina. Seu retorno está previsto para às 12h de hoje, já que ele tem agenda em Brasília.

Comentários