Bira defende adoção de critérios para aceitar adesão ao bloco do prefeito

O vereador Ubiratan Pereira, o Bira (PSB), defendeu hoje que sejam estabelecidos critérios para aceitar adesões de parlamentares ao bloco do prefeito da capital paraibana Luciano Agra (PSB). A declaração aconteceu depois que pelo menos dois vereadores – Sérgio da SAC e Felipe Leitão – sinalizaram a possibilidade de migrar da oposição para a base do prefeito. Ambos, no período eleitoral, foram críticos contundentes à gestão de Luciano Agra e à candidatura de Ricardo Coutinho ao Governo do Estado.

– Acredito que devemos levar em consideração o posicionamento de alguns parlamentares que tiveram uma atitude bastante ríspida não apenas com o Governo Municipal, mas também com a candidatura do ex-prefeito Ricardo Coutinho. Adesão, a meu ver, não significa apenas um voto a mais. Significa ter uma postura capaz de defender um projeto político. E para defender é preciso conhecer qual é esse projeto. Acredito que devemos ser criteriosos nesse processo de adesões para ter coesão na bancada. Ela é importante e dá maturidade ao legislativo, além de fazer a cidade avançar.

O vereador, que também é secretário geral do PSB, comentou a expectativa sobre a transição de Governo e declarou que precisa ser "desmanchada" o que chamou de "atmosfera negativa" em várias Secretarias da administração estadual.

– Estão acelerando algumas compras e nós precisamos ter acesso a esses dados para planejar os primeiros dias de Governo. Até agora, o que vimos foi uma declaração de um auxiliar do Governo dizendo que as informações estão na internet. Se fosse assim, não íamos precisar de equipe. Bastava mandar baixar uns arquivos e pronto. É preciso que a transição deixe de ser apenas um discurso para ser uma prática efetiva.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.