Benjamin defende pesquisa e desacredita ingerência do PMDB nacional

O deputado federal Benjamin Maranhão comentou na noite de hoje em entrevista ao Conexão Master as declarações dadas pelo colega Manoel Júnior, insatisfeito com o resultado de uma pesquisa que apontou José Maranhão como pré-candidato a prefeito da capital paraibana. O dirigente municipal do PMDB afirmou que a consulta não foi encomendada pelo ex-governador, mas pelo partido e tem respaldo:
 
– As pesquisas foram encomendadas pelo PMDB e não por José Maranhão e Manoel Júnior sabe disso. Infelizmente, não podemos divulgar os números na imprensa porque a lei eleitoral não permite, mas ela dá respaldo a outras realizadas pelas empresas de comunicação da Paraíba.
 
Apesar das queixas de Manoel Júnior, feitas na imprensa e no Twitter, Benjamin disse não acreditar nem na disputa interna durante a convenção partidária e nem na eventual ingerência da direção nacional do PMDB, como foi declarado por Manoel, que agendou uma reunião com o vice-presidente do Brasil, Michel Temer e com o presidente nacional do PMDB, Valdir Raupp:
 
– Não acredito em disputa interna. A pré-candidatura de Maranhão está respaldada pelas bases e pelos candidatos a vereador. Em relação ao PMDB Nacional, não acredito que ele vá se envolver em questões municipais e muito menos em um diretório comandado por um deputado federal. Nós nunca nos envolvemos em diretórios fora da Paraíba.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.