Bancada de oposição se solidariza com Raíssa após polêmica sobre festa no bairro São José

A vereadora Raíssa Lacerda (PSD) recebeu, durante a sessão desta terça-feira (14) na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), a solidariedade e o apoio de vários colegas parlamentares da bancada de oposição, após polêmica causada por uma tentativa de manchar o nome da vereadora e relacioná-la ao crime, depois que ela visitou no último sábado (11) o bairro São José.  Raíssa criticou o preconceito contra as pessoas que moram nos bairros mais humildes de João Pessoa e disse que vai continuar visitando as comunidades da cidade, todos os finais de semana.

“Tentaram com essa fake news manchar meu nome, mas não conseguiram, o pessoal me conhece, sabe que eu sou primeiramente cristã, participo da Renovação Carismática, sou uma mulher temente a Deus, sou uma mulher que me agrado muito de estar ao lado de pessoas humildes, porque acho que ninguém é melhor do que ninguém, somos do pó e ao pó voltaremos”, disse Raíssa, afirmando que a verdade vai sempre prevalecer.

O vereador Tibério Limeira (PSB) disse que Raíssa tem a solidariedade de todos os vereadores da bancada de oposição e condenou o preconceito contra as pessoas que moram nas comunidades. “Não dá para a gente de maneira alguma estigmatizar as pessoas que vivem nas comunidades da nossa cidade. São, como Vossa Excelência falou, pessoas do bem, pessoas trabalhadoras que dão um duro danado e constroem, como muita gente, a cidade de João Pessoa”, defendeu Tibério.

“Você jamais iria postar no seu Instagram pessoal algo que não fosse bacana. E as pessoas que moram nos bairros, nas comunidades, são pessoas de bem, trabalhadores e trabalhadoras, e esse preconceito, esse absurdo que acontece com quem mora no bairro São José, com quem mora na Bola da Rede e em tantas outras comunidades é para causar segregação, exclusão social e cada vez mais o aumento das pessoas em situação de pobreza”, disse a vereadora Sandra Marrocos (PSB).

O líder da oposição, Leo Bezerra, disse que o que tentaram fazer com a imagem de Raíssa foi um desrespeito. Ele destacou a coragem, determinação, carinho, amor e respeito com que Raíssa trata a população de João Pessoa. “Tentaram desrespeitar não só o mandato da vereadora Raíssa Lacerda, as pessoas da família da vereadora Raíssa, que têm uma história limpa. Seu pai, José Lacerda Neto é um homem íntegro. Ele jamais seria parceiro de organização qualquer que seja. A bancada de oposição está unida, coesa para nos solidarizarmos a Vossa Excelência”, disse Leo, lembrando que, quando Raíssa fazia parte da bancada de apoio à Prefeitura de João Pessoa, era elogiada.

O líder da oposição aconselhou a quem pretender tentar sujar a imagem de Raíssa Lacerda que, antes disso, olhem o solado do próprio sapato, se tem vestígios de visitas às comunidades. “Veja se o prefeito visita as comunidades”, disse Leo.

O vereador Bruno Farias (PPS) reforçou, por sua vez, a correção na vida pública e pessoal de Raíssa.

A vereadora Raíssa disse que tentaram prejudicá-la por politicagem. “Fui usada. Quando eu era da bancada do prefeito eu era chamada de guerreira. Agora estão me botando como se fosse de facção. Minha facção tem nome: Jesus de Nazaré”, disse.

Raíssa revelou, ainda, que tem recebido ligações das pessoas nas comunidades convidando-a para ir aos seus bairros. “As pessoas já estão me intitulando ‘Rainha das Comunidades’, que título maravilhoso!”, comemorou Raíssa. “Neste final de semana estarei em mais uma outra comunidade, todo final de semana estarei em várias comunidades, como faço semanalmente. É corriqueiro, eu faço isso sempre. Tentaram sujar meu nome porque estava dentro das comunidades. Por que não vão às comunidades tentar ajudar?”, sugeriu Raíssa.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.