Ato pela Transposição em Monteiro terá Chico César e transmissão ao vivo

O SOS Transposição – O Grito do Nordeste, movimento pela volta do bombeamento das águas do São Francisco para a região do Cariri da Paraíba, será realizado no município de Monteiro, neste domingo, 1º de setembro, às 10h. Entre as personalidades que já confirmaram presença está o cantor Chico César. O protesto será transmitido, ao vivo, pelas redes sociais e poderá ser acompanhado pelo endereço https://www.facebook.com/realrcoutinho/

Além do artista paraibano, políticos de todo o País já confirmaram a presença. Entre eles, o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho; o governador do Piauí, Wellington Dias; o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad; a deputada federal Gleisi Hoffmann, presidente do PT; Guilherme Boulos, do PSOL; o ex-senador Lindeberg Farias (PT); e os deputados federais Gervásio Maia (PSB-PB) e Natália Bonavides (PT-RN).

Ponto final do Eixo Leste da transposição das águas, os 44 municípios da região estão com os açudes no volume morto, desde fevereiro, quando o bombeamento foi interrompido em razão da quebra dos equipamentos das estações de uma adutora em Pernambuco. O Açude de Poções, em Monteiro, tem apenas com 5% de sua capacidade; Camalaú só tem 6%; e Sumé está com apenas 5,5% da capacidade.

Com a interrupção do abastecimento, a situação se agrava a cada dia e a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cogepa) anunciou, na semana passada, a volta do racionamento de água, inclusive em Campina Grande, a segunda cidade da Paraíba.

Segundo Ricardo Coutinho, a paralisação do bombeamento é de natureza política. “Não se pode penalizar um povo em função do resultado eleitoral. Não há outro caminho para o Nordestino sobreviver do que lutar pela volta do bombeamento das águas do Rio São Francisco. O governo federal precisa retomar o fornecimento”, afirmou. O Nordeste foi a única região do país em que Jair Bolsonaro perdeu a eleição de 2018.

Para a Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, a obra da Transposição do São Francisco tem um grande impacto econômico e social, porque leva água para milhões de pessoas que não tinham acesso a esse recurso natural. “Só que Bolsonaro, com sua política de destruição, cortou o bombeamento da água, prejudicando a obra e fazendo que milhões de nordestinos deixem de receber a água de que precisam. No dia 1º, vamos lutar para que a Transposição realmente se efetive”, disse Gleisi.

Ato pela Transposição em Monteiro terá Chico César e transmissão ao vivo

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.