Ataque russo destrói escola na Ucrânia e deixa mortos e feridos

Uma escola ficou destruída após um ataque russo em Luhansk, no leste da Ucrânia. O ataque aconteceu nesse sábado (7) e deixou pelo menos dois mortos e 60 desaparecidos, segundo informou o governador da região, Serhiy Gaidai.

Havia 90 pessoas no local e 27 delas foram resgatadas. O prédio, que servia de refúgio, ficou destruído.

A Ucrânia está sob ataque da Rússia desde 24 de fevereiro de 2022. Já são 46 mil mortos, 12 mil feridos, 400 desaparecidos e 13 milhões de pessoas que tiveram que deixar suas casas. Mais de dois mil edifícios já foram destruídos.

A paraibana Silvana Pilipenko estava desaparecida na Ucrânia e conseguiu voltar ao Brasil no começo de abril. Outros brasileiros, como jogadores que trabalhavam na Ucrânia, também tiveram que deixar às pressas a região.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.