Assista: João Azevedo informa que não terá como ir a reunião com Siqueira

O governador da Paraíba, João Azevedo (PSB), afirmou hoje que não vai à reunião com o presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira. O dirigente informou ontem ao ParlamentoPB que aguardaria o paraibano para uma conversa até esta terça-feira, 20, antes de nomear a comissão provisória que comandará o PSB na Paraíba.

Durante entrevista coletiva no Palácio da Redenção na manhã desta segunda-feira, 19, João disse que tem vários compromissos na capital federal que inviabilizam o diálogo com Siqueira:

“Tenho compromisso com o presidente do Senado, David Alcolumbre, também com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Tofolli e com o senador por Sergipe, Rogério Carvalho… e eu talvez nem consiga cumprir todas essas atividades porque na quarta e quinta-feira eu estarei em Teresina, Piauí, para um grande fórum de infraestrutura do Consórcio do Nordeste. Não tenho como participar dessa reunião com Siqueira”, disse ele.

Azevedo acrescentou que não acredita que a crise estabelecida no PSB tenha sido causada pela nomeação do então presidente estadual do partido, Edvaldo Rosas, para um cargo em seu governo.

“Alguém acredita que alçar o dirigente de meu partido à condição de secretário é motivo para uma crise? Evidentemente que não é motivo, mas quem tem que dizer o que houve é quem começou essa disputa. Eu não tenho a compreensão que a vinda de Edvaldo, que estava há 15 anos, poderia gerar algo que não fosse mais participação do partido no Governo”, disse João.

O governador lembrou que o secretário de Desenvolvimento Humano e da Juventude de Pernambuco é o presidente do PSB do Estado, Sileno Guedes.

Disputa antecipada

João Azevêdo disse que está havendo uma disputa antecipada e sem necessidade.

“No meu entender está havendo uma disputa que foi antecipada sem a mínima necessidade, considerando que a atual presidência tinha mandato até outubro do próximo ano”, declarou.

Assista: João Azevedo informa que não terá como ir a reunião com Siqueira

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.