Assembleia e API promovem curso de Jornalismo Legislativo

A Assembleia Legislativa da Paraíba, com o apoio da Associação Paraibana de Imprensa (API), irá promover o 1º Curso de Jornalismo Legislativo nos dias 21 e 22 de setembro, no auditório João Eudes da Nóbrega. O curso é gratuito e será ministrado pelo professor Luiz Carlos de Santana Freitas, instrutor do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), do Senado Federal.

 A diretora da Escola do Legislativo da Assembleia, Maria Helena, é responsável pela organização do curso. Serão abertas 70 vagas, tendo prioridade os jornalistas da Casa de Epitácio Pessoa e os profissionais que fazem a cobertura política da Assembleia.  Entre as seis disciplinas previstas dentro do conteúdo programático, estão aulas sobre as Relações entre Mídia e Política e os Desafios e as oportunidades da tecnologia digital nos veículos legislativos. Maiores informações podem ser obtidas através do telefone 3214 4594.A presidente da API e coordenadora de jornalismo da Assembleia, Marcela Sitônio, argumentou que a cobertura jornalística da atividade parlamentar exige uma linguagem mais específica e nem sempre o profissional de imprensa está familiarizado com alguns termos técnicos, daí a importância do curso para dar mais qualidade à informação.

O Jornalismo Legislativo é uma nova modalidade de jornalismo e tem como principal fundamento o de ser uma atividade exercida em veículos controlados pelas casas legislativas. Sua origem está ligada à iniciativa dos próprios parlamentares de buscarem novas formas de comunicação com a sociedade, sem o corte editorial da mídia tradicional em relação aos fatos noticiosos no âmbito dos parlamentos.

Umas das principais características, é que apesar do uso de técnicas comuns a qualquer especialização de Jornalismo, os jornalistas legislativos se diferenciam dos demais, devido às especificidades inerentes ao processo legislativo, além de não ficarem reféns da concorrência e da factualidade que marcam o Jornalismo tradicional. 
 
Currículo – Mestre em Comunicação Social, pela Universidade de Brasília (2004), Especialista em Direito Legislativo, pela Unilegis – Universidade do Legislativo Brasileiro (Senado Federal) – e Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, com graduação em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Federal de Minas Gerais (1990), onde cursou Direito até o sexto semestre (1993). Está cursando especialização lato sensu em Direito Legislativo, na Universidade do Legislativo Brasileiro (Unilegis). Atualmente, leciona "Jornalismo Legislativo", disclipina criada e desenvolvida por ele, no Instituto Legislativo Brasileiro (treinamento presencial), Interlegis (curso a distância) e Unilegis (dentro do curso de especialização em Comunicação Legislativa), todos ligados ao Senado Federal, além de lecionar em instituições de ensino superior de Brasília disciplinas referentes ao Jornalismo, à Metodologia Científica e à Produção de Textos. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Videodifusão, atuando principalmente nos seguintes temas: Comunicação Legislativa, televisão legislativa, midiatização da Política, TV Senado e relação entre Comunicação e Política.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.