Após vazamento, Bolsonaro vai usar celular criptografado da Abin

O suposto diálogo e  divulgação das conversas de Sergio Moro, ex-juiz e atual ministro da Justiça, com investigadores da Lava Jato, causou pânico na cúpula do governo e vai mudar hábitos do atual presidente.

Jair Bolsonaro e integrantes do Executivo estão trocando celulares e vão deixar de usar o Whatsapp e o Telegram, que serão trocados por telefones criptografados fornecidos pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Até o momento, o presidente e integrantes do governo utilizam aparelhos pessoais para trocar mensagens pelos aplicativos.

Adepto as redes sociais, o presidente usou grupos de whatsapp durante campanha eleitoral e utiliza a web para propagar o governo.

Neste momento, a preocupação do Planalto é se os ataques de hackers colocam em risco até mesmo os dispositivos criptografados e bancos de dados do governo. A avaliação é que está em curso uma “guerra”.

Jornal do Brasil

Após vazamento, Bolsonaro vai usar celular criptografado da Abin

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.