Após passar mal, Manoel Ludgério tira licença de 30 dias para cuidar da saúde

O deputado estadual Manoel Ludgério se afastou das atividades na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) por um prazo de trinta dias. Ele revelou ao ParlamentoPB que na semana passada se sentiu mal e decidiu tirar licença para fazer um check-up geral da saúde.

“Semana passada eu estava em João Pessoa e, quando me deslocava para uma entrevista me sentiu mal”, disse. Ele contou que, na ocasião, foi atendido por uma cunhada que é médica e reside na Capital. “Ela acha que foi início de estresse e eu vim pra Campina, onde reside o meu cardiologista”.

o deputado lembrou do impacto que teve com a morte prematura do deputado federal Rômulo Gouveia.
“Rômulo era um amigo de quase 40 anos, nossos pais trabalharam juntos, nos conhecemos com 12, 14 anos de idade e crescemos juntos, foi uma pancada grande que eu tive”, declarou.

Manoel Ludgério disse que sempre faz uma revisão geral anualmente, e que tem atenção especial, principalmente, com a questão cardíaca.

Ele contou que iniciou na manhã desta terça-feira (22) uma série de exames e, no início de junho, no dia 3, vai para São Paulo, onde ele tem exames marcados para o dia 4.

“Espero que esteja tudo bem, porque a licença é de até 30 dias. Obrigatoriamente não tenho que passar 30 dias de licença. Se o médico entender que posso voltar a minha rotina normal, eu volto, mas eu dei uma desacelerada na agenda. Não estou deixando de receber os amigos, mas estou focado na minha saúde, cuidando da minha saúde, até porque vamos ter um ano difícil pela frente”, disse o deputado.

A vereadora Ivonete Ludgério, presidente da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), esposa do deputado, também vai passar por uma bateria de exames na Paraíba.

“Ficamo abalados e assustados com as mortes súbitas de Rômulo Gouveia e de Marina, uma prima nossa”, disse Ivonete.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.