APCA divulga nota repudiando parlamentares que disseram sim ao “fundão”

A Academia Paraibana de Ciência da Administração (APCA) manifestou repúdio aos parlamentares que votaram favoráveis a aprovação do fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões.

Em nota, assinada pela presidente da entidade, Luciana Rabay, a APCA tacha de “aberrante” a verba e questiona o fundo, que para a entidade mostra o “pouco caso” que muitos do segmento político-partidário fazem do povo brasileiro.

Confira íntegra da nota:

A Academia Paraibana de Ciência da Administração (APCA), por sua Presidência, e tendo em vista o posicionamento aprovado por seu Conselho Diretor na reunião virtual realizada nesta quinta-feira, 22 de julho corrente, torna pública a presente manifestação de REPÚDIO a todos e todas parlamentares integrantes do Congresso Nacional que disseram “sim” à aprovação da dotação orçamentária, destinada ao Fundo Partidário, no absurdo valor de R$ 5,7 bilhões para o exercício de 2022.

Tem ocorrido ponderações de alguns desses parlamentares justificando que “apenas foi aprovada a Lei de Diretrizes Orçamentárias” e que “só em outubro é que serão mesmo definidos os valores específicos de cada dotação”. Tais ponderações não justificam o posicionamento no sentido de que, pelo menos por enquanto, tenham deixado prevalecer, no documento orçamentário, a aberrante verba de praticamente o triplo do valor anterior, que já se constituía em montante demonstrativo do “pouco caso” que muitos do segmento político-partidário fazem do povo brasileiro.

Especialmente em relação a parlamentares representantes da Paraíba que tenham dado esse “sim” que esta Academia repudia e muito lastima, nossa expectativa é a de que, conforme suas próprias ponderações, façam com que, no tempo próprio que dizem ser em outubro, seja corrigido aquele valor do Fundo Eleitoral, deixando-o maximamente no montante anterior, sob pena de serem avaliados não como representantes do povo, mas como seus traidores!

Diante de tão ignomínia aprovação ocorrida no Congresso Nacional, caracterizadora de menosprezo aos princípios básicos da boa administração, esta Academia não poderia calar e, ao contrário, aqui brada seu repúdio aos que contribuíram para a aprovação desse “Fundão”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.