Aléssio Trindade publica despedida, abre sigilo e promete provar probidade

Em uma postagem no Instagram, o agora ex-secretário de Educação do Governo da Paraíba, Aléssio Trindade Barros, explica porque decidiu deixar o cargo. Ontem de manhã, foi cumprido mandado de busca e apreensão contra ele no âmbito da quinta fase da Operação Calvário. Aléssio era ordenador de despesas e chancelou os pagamentos efetuados a empresas suspeitas de repassar propinas a representantes do Governo como a ex-secretária de Administação, Livânia Farias e o ex-secretário executivo de Turismo, Ivan Burity.

 

Comentários