Aguiar divulga resolução que “pede” sua saída da pré-campanha de Ricardo

O militante histórico do PT da Paraíba, Walter Aguiar, comentou no início da tarde de hoje a informação veiculada a partir da assessoria do partido segundo a qual teria havido um veto à sua participação na coordenação do programa de governo do pré-candidato do PSB, Ricardo Coutinho. Walter conversou com o Parlamentopb e disse que não houve proibição alguma, mas apenas um pedido para que ele não aceitasse o convite feito pelo socialista. Mesmo assim, o petista afirmou que não atenderia o pedido, preferindo continuar o trabalho com Ricardo.

– Não houve proibição nem desautorização nenhuma. O texto da resolução trata apenas de um pedido, que eu não vou atender. E não poderia atender porque acredito que o processo de discussão da aliança do partido para as eleições de outubro ainda está aberto. O que foi aprovado no último encontro estadual pode ser mudado porque muitos fatos contribuíram para isso, como a exclusão de Luciano Cartaxo da chapa do PMDB. Portanto, se no dia 19 de junho, que é a nova data do encontro estadual, houver alguma resolução contra meu trabalho na coordenação do programa de governo de Ricardo, eu não vou puxar a corda com o PT. Eu me licencio.

A seguir, a íntegra da resolução aprovada na reunião de ontem do PT da Paraíba e encaminhada a Walter Aguiar pelo secretário de Organização do Partido, Josenild Feitosa:

Comissão Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores da Paraíba


Resolução aprovada em relação ao filiado do PT Walter Aguiar

1 – Considerando que o filiado Walter Aguiar foi Presidente do PT da capital, dirigente estadual e atualmente é delegado ao Encontro Estadual do Partido;
2 – Considerando que o filiado/ dirigente Walter Aguiar recebeu o convite, o qual foi publicitado, para participar da coordenação de campanha do candidato do PSB/DEM/PSDB e PPS;
3 – Considerando que o Diretório Estadual, a Comissão Executiva e o Encontro Estadual deliberaram pelo apoio a reeleição do candidato a governador pelo PMDB, José Maranhão, onde o PT disputa a vice-governadoria;

A Comissão Executiva Estadual resolve:

1 – Solicitar ao filiado PT Walter Aguiar a não aceitar o convite para participar da Coordenação do Programa de Governo do PSB/DEM/PSDB e PPS, frente partidária onde estão presentes partidos adversários do Governo Lula, e no plano local adversários do  governo do PMDB/PT/PCdoB/PRB, partidos estes integrantes da nossa frente política nacional e local.

João Pessoa, 25 de maio de 2010.

Josenilton dos Santos Feitosa

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.