Agra continua na Comissão Nacional de Exame da OAB, diz Odon

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba (OAB-PB), Odon Bezerra, negou nesta quarta-feira (23) que o advogado Walter Agra tenha renunciado a presidência da Comissão Nacional de Exame de Ordem, como foi especulado e até divulgados pela mídia nacional. Odon esclareceu que “os rumores” devem ter surgido devido ao fato do Conselho Federal ter extinguido uma das três coordenações da Comissão.

– Apenas foi extinta uma coordenação, mas a informação de que Walter Agra renunciou a presidência da Comissão não tem a menor procedência, explicou Odon.

Odon disse também que Walter Agra foi extremamente elogiado, tanto pelo presidente da OAB Nacional, Ophir Cavalcanti, quanto pelos presidentes das Seccionais, na reunião do Colegiado de presidentes da entidade, ocorrida no último domingo (20).

– Na reunião foram discutidas questões referentes ao Exame de Ordem e Walter Agra foi muito elogiado por Ophir e vários presidentes de Seccionais pela forma que vem conduzindo a Comissão, disse.

O jornal Folha de São Paulo publicou na tarde de ontem que o Conselho Nacional da OAB teria substituído o coordenador de seus exames unificados nacionais, o advogado Walter Agra, e no seu lugar assumiria um grupo de cinco membros em caráter emergencial, até que um novo coordenador seja escolhido. A mudança se daria após uma série de reclamações sobre problemas nas provas do exame da ordem.

Segue a matéria da Folha de São Paulo

Após críticas, OAB muda coordenador nacional de exames
O Conselho Nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) trocou ontem (21) o coordenador de seus exames unificados nacionais, o advogado Walter Agra, segundo reportagem publicada na edição desta terça-feira da Folha.

No lugar de Agra assume um grupo provisório (e emergencial) com cinco membros, presidido pelo secretário-geral da OAB nacional, Marcus Vinícius Furtado Coelho. Um novo coordenador será escolhido em breve. A mudança ocorre em meio a um exame em andamento, com mais de 100 mil inscritos, e após uma série de reclamações sobre problemas nessas provas.

Oficialmente, a mudança ocorre após o pedido de renúncia de Agra –apresentado na última sexta. Ele continua como presidente da Comissão Nacional do Exame de Ordem, mas, segundo o Conselho Federal, sem os mesmos poderes de antes. O grupo será subordinado diretamente ao presidente do Conselho, Ophir Cavalcante.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.