Defesa pede prisão domiciliar para Fabiano Gomes e diz que estado dele é grave

A defesa do radialista Fabiano Gomes entrou com um pedido de prisão domiciliar para o comunicador. Em entrevista nesta quinta-feira (13), conduzida pelo advogado Gustavo Botto, do escritório Rinaldo, Botto e Mouzalas, a defesa disse que o estado de saúde de Fabiano é gravíssimo.

Fabiano, segundo seus advogados, está com depressão séria e feridas nos pés por causa da diabetes, que podem necrosar. O radialista corre, inclusive, risco de vida.

Fabiano está no isolamento no PB1. O isolamento é uma medida para tentar proteger o radialista dos demais presos. Como comunicador, Fabiano, muitas vezes, fez denúncias e criticou a ação de bandidos. Com o isolamento, entretanto, ele não tem direito a banho de sol.

Os advogados que compõem a defesa do comunicador concederam entrevista coletiva hoje na sede da Associação Paraibana de Imprensa (API), no Centro de João Pessoa.

O comunicador encontra-se detido na penitenciária PB1 desde o último dia 22 de agosto, após ter esquecido de comparecer à Justiça para assinatura de documentos, uma das medidas cautelares decretadas contra ele na Operação Xeque-Mate.

Defesa pede prisão domiciliar para Fabiano Gomes e diz que estado dele é grave

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.