Adolescente grava agressão e consegue que suspeito seja preso em flagrante em João Pessoa

A Polícia Civil prendeu na noite dessa quinta -feira (19) um homem suspeito de praticar agressões físicas contra a própria enteada, uma adolescente de 16 anos. O fato ocorreu no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

Richardson Alex Coqueijo da Silva foi denunciado pela vítima, por meio de um aplicativo. Ela conseguiu gravar um vídeo mostrando as agressões. As imagens chegaram ao conhecimento da equipe da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) da zona sul de João Pessoa.

Policiais civis foram ao local das agressões e conseguiram prender o padrasto em flagrante delito.

De acordo com a delegada Ivanise Olimipiio, plantonista da Deam, o suspeito ainda teria praticado ameaças de morte contra a companheira dele, mãe da adolescente.

“Ele só foi preso em flagrante porque ela (enteada) o denunciou através de um aplicativo enviando o vídeo do agressor com uma faca em casa ameaçando a companheira e mãe da vítima adolescente”, afirmou a delegada.

“Ele agredia fisica, moral e psicologicamente ao longo dos 14 anos de convivência”, completou Ivanise.

O suspeito foi autuado com base na Lei Maria da Penha e Código Penal Brasileiro. Ele permanecerá recolhido à carceragem da Central de Polícia Civil, até ser apresentado ao Poder Judiciário .

1 comentário

  • Marconi
    10:06

    Resultado… vai ser solto rapinho e mata a adolescente na hora que quiser… e condenado não fica 10 anos na prisão… vá confiar numa prostituta de justiça dessa…

Comentários