Administradores discutem educação e cidadania em mesa-redonda na capital

A Academia Paraibana de Ciências da Administração (APCA) realizou na manhã desta quarta-feira (25), na Capital paraibana, uma mesa-redonda que teve como tema a educação na formação de cidadãos e instrumento de libertação e reforma social.

O evento faz parte das comemorações alusivas ao Dia Mundial da Educação, comemorado no dia 28 de abril, próximo sábado.

O objetivo da mesa-redonda, ressaltou Mário Tourinho, vice-presidente da APCA, é despertar junto aos governantes a transformação da chamada vontade política em prática política, saindo do discurso para a prática. “Vamos transformar mesmo esses discursos numa prática. Todos sabemos que a educação é o grande impulsionador de desenvolvimento. Aí sim, nós não estaríamos expostos a tanta discriminação, pra não dizer carência social mesmo, que o país como um todo atravessa”, destacou.

Tourinho foi enfático ao declarar que é preciso que as instituições e os governos atentem para o fato de “que a educação é o caminho para a libertação”.

O evento, realizado no Restaurante Mangai, reuniu os membros da APCA, e contou com a explanação de quatro de seus membros, Anchieta Bernardino, César Emanoel, Jimmy Léllis e Lúcio Mariano, todos com experiência, também, na área da educação, não apenas como professores, mas, igualmente, como colaboradores de gestões institucionais ou empresariais.

Após a exposição dos quatro acadêmicos, foi facultada a palavra para que os demais membros da APCA apresentassem suas avaliações sobre o assunto, colaborando para que seja elaborada uma nota oficial da Academia para ser divulgada exatamente no sábado, 28 de abril, Dia Mundial da Educação.

Comentários