Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

A pressão das redes muda tudo

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Na última semana uma série de providências e punições foi adotada por instâncias dos governos municipal estadual por causa de fatos que vira alisaram nas redes sociais e a partir de lá ganharam uma força intensa pela cobrança popular de punição aos envolvidos.

Vou começar falando sobre o rumoroso caso de agressão praticada pelo médico João Paulo casado contra a ex esposa. Nesse fim de semana a delegada Nádia Fialho foi afastada do cargo. Ela havia sido a primeira a Tomar conhecimento dos fatos e receber os registros de vídeos enviados pelo condomínio onde o casal residia. Mas arquivou a investigação.

Ela alegou que respeitou a vontade da vítima, que naquela época Se recusou apresentar queixa contra o então marido. Mas a lei obriga autoridade policial a prosseguir a investigação mesmo se a vítima não denunciar ou se ela não confirmar a agressão.

O governador João Azevedo e o prefeito Cicero Lucena exoneraram João Paulo no dia seguinte ao vazamento das imagens da violência. O Corpo de Bombeiros abriu um processo contra o cabo.

Outro caso muito rumoroso foi o da delegada Maria Solidade que foi demitida neste fim de semana o ato está assinado pelo governador João Azevedo e se deveu ao fato dela e o escrivão de polícia Alexandre Pereira de Sousa, terem sido filmados por um policial rodoviário federal cobrando propina para arquivar um procedimento contra o agente da PR F. Eles responderam ao processo, tiveram a oportunidade de se defender, mas ficou comprovado o cometimento do crime. Os dois estão fora do serviço público.

Em comum, todas essas situações que num passado próximo poderiam ter terminado impunes, foram alvo de muita pressão popular, de cobrança e acabaram empurrando as autoridades a tomarem providências. Em todos os casos a existência de um vídeo foi fundamental para embasar as denúncias e não deixar espaço para dúvida sobre a ação dos acusados.

Se as redes sociais tiram muito do nosso tempo e atrapalham nossa vida em vários aspectos, elas também servem como instrumento eficaz de cidadania e transparência. É como tudo na vida: se soubermos usar, pode ser uma ferramenta fabulosa de um tempo em que nada mais fica embaixo do tapete.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

sergioqueoroz

Sérgio Queiroz adia anúncio de pré-candidatura depois de desculpas do PL

saojoaodesape (1)

São João de Sapé tem Xand Avião, Zé Vaqueiro e Maiara e Maraisa

luizcoutofrente

Luiz Couto apresenta R$ 59 milhões em emendas para investimentos na PB

bolsonaro e walber virgolino em cabedelo 130424

Jair Bolsonaro visita feira e faz passeata com apoiadores em Cabedelo

X rede social

Diretor jurídico que representava X no Brasil renuncia ao cargo

alcool FOTO juca varella agencia brasil

Agevisa restringe venda livre de álcool a 70% na Paraíba a partir de 30 de abril

livros FOTO Pixabay

FLIDI: Festa Literária de Dona Inês celebra literatura e educação no clima frio da serra paraibana

vacina seringa FOTO Pixabay

Paraíba tem Dia D de vacinação contra influenza e multivacinação

viatura pcpb FOTO Ascom PCPB_

Travesti é assassinada no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa

mega sena agencia brasil

Mega-Sena sorteia prêmio acumulado em R$ 56 milhões