Trump despede embaixador na UE e assessor do Conselho de Segurança

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, despediu dois integrantes de sua equipe que testemunharam contra ele no processo de impeachment – o embaixador norte-americano na União Europeia, Gordon Sondland, e o assessor do Conselho de Segurança Nacional, Alexander Vindman, primeira vítima do processo de destituição.

Vindman foi a testemunha-chave em todo o caso.

Ele teria escutado o telefonema em que Trump pediu ao presidente ucraniano, Volodymyr Zelenski, que investigasse os negócios da família do democrata Joe Biden.

Donald Trump foi acusado pelos democratas de ter abusado dos privilégios do cargo para pressionar Zelenskiy a investigar a família de Biden, seu maior rival entre os candidatos democratas às eleições presidenciais.

O presidente americano foi absolvido pelo Senado.

 

 

 

 

 

Por Agência Brasil, com RTP (agência pública portuguesa)

Foto: Pixabay

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.