Relator da Lava Jato em segunda instância mantém prisão de Lula

O relator da Operação Lava Jato em segunda instância, desembargador João Pedro Gebran Neto, sustentou a manutenção do ex-presidente Lula, em Curitiba, onde ele