Silencioso na primeira chamada, Flávio Bolsonaro revela voto em nova votação

Silencioso na primeira chamada de votação, o investigado senador Flávio Bolsonaro (PSL) resolveu ‘soltar o verbo’ e declarou voto em Davi Alcolumbre (DEM) na segunda votação para a presidência do Senado, convocada após suspeita de fraude por causa de duas cédulas extras na urna. A movimentação para definição presidencial da Casa acontece neste sábado (2) após impasse na sessão da sexta-feira (1º).

Flávio Bolsonaro disse que sentia necessidade de dar o esclarecimento ao povo brasileiro e mostrou a cédula na qual registrou o voto em Davi Alcolumbre, senador pelo Amapá e candidato a presidente do Senado.

Saiba mais

Indignada, Daniella revela voto em Amim após saber que não há prejuízo na revelação

Senadores riem quando vaza áudio de Maranhão avisando que iria ao WC

Duas cédulas fora de envelope colocam eleição no Senado sob suspeita

 

 

Comentários