Sete tartarugas são encontradas mortas no Caribessa

Sete tartarugas foram encontradas mortas presas a um rede de pesca, na praia do Caribessa, na manhã deste domingo, 10. Um vídeo gravado por populares mostra o proprietário do Caribessa, David Montenegro, indignado com a pesca predatória praticada no local, onde pescadores costumam colocar suas redes porque há muita incidência de peixes, corais e algas marinhas, o que também atrai tartarugas.

Denúncias já foram realizadas pela ONG Guajiru, que trabalha na preservação de tartarugas marinhas na Paraíba, mas continua sendo comum se deparar com situações semelhantes.

“Necessitamos fazer algo. Sensibilização e fiscalização urgente! Por favor, agradeço que nos informem quais os planos para este ano, porque gostaria de solicitar uma ação conjunta em prol da vida marinha, principalmente das tartarugas que semanalmente estamos recebendo vários animais para tratamento, seja devido ao lixo marinho ou redes de pesca. Neste caso, estas tartarugas ficaram presas e foram sufocadas pela rede de espera – prática ilícita – proveniente da pesca”, foi a mensagem compartilhada pela Guajiru nas redes sociais.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.