Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Saúde realiza histerectomia masculinizadora a partir de julho

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) disponibiliza, a partir de julho, cirurgias de histerectomia masculinizadora para homens trans na rede pública estadual, ampliando dessa forma os serviços para a população trans no estado. A medida atenderá homens trans que já fazem acompanhamento no Ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais da Paraíba (Ambulatório TT/PB) integrado ao Complexo Hospitalar Clementino Fraga, em João Pessoa.

Atualmente, existe uma média de 100 homens trans à espera da cirurgia de histerectomia masculinizadora, dentro de um universo de 326 homens trans cadastrados no serviço provenientes de várias cidades da Paraíba, segundo o gerente do Ambulatório TT/PB, Sérgio Araújo.

No entanto, a previsão inicial é a de atender os 30 primeiros homens transexuais da lista de espera da cirurgia. Sendo assim, a Maternidade Frei Damião deve realizar dois procedimentos desse tipo a cada mês. Os procedimentos de pré-operatório também serão todos realizados na Maternidade Frei Damião.

Nessa terça-feira (28), dia dedicado ao Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAP+, gestores da Atenção à Saúde, Ambulatório de Travestis e Transexuais, da Regulação e da Maternidade Frei Damião estiveram reunidos na sede da SES para discutir as etapas e a regulação do novo procedimento.

O gerente Sérgio Araújo destacou que definir o fluxo das cirurgias de histerectomia masculinizadora foi um grande avanço e os próximos passos serão os de se reunir com as direções técnicas do Complexo Hospitalar Clementino Fraga e da Maternidade Frei Damião.

O fluxo do atendimento começará com o encaminhamento dos pacientes pelo Ambulatório TT/PB para a Maternidade Frei Damião, que estejam em acompanhamento há dois anos. A partir de um parecer favorável, com encaminhamentos dos médicos vinculados ao ambulatório nas especialidades da ginecologia, endocrinologia e psiquiatria, os homens trans aptos para se submeterem ao procedimento serão encaminhados para a Maternidade Frei Damião, onde farão o pré-operatório.

A oferta da cirurgia de histerectomia masculinizadora se soma a um conjunto de políticas e ações destinadas à saúde e direitos da população LGBTQIAP+ e implementadas de forma intersetorial pelo Governo da Paraíba. A gerente operacional de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s) da SES, Ivoneide Lucena, considera a oferta das cirurgias de histerectomia masculinizadoras um avanço potente na política para a população trans.

“Estamos oportunizando à população paraibana que tiver essa necessidade de fazer a cirurgia de histerectomia masculinizadora a partir de julho. Enquanto política pública, nosso intuito é potencializar cada vez mais esse tipo de oferta de cirurgias e cada vez mais interiorizar esses serviços e para complementar o processo transexualizador agora o estado ofertará as cirurgias de histerectomia masculinizadora. Um avanço potente na política de saúde integral da população T destinada aos homens trans”, disse.

Treinamento das equipes – Em paralelo às discussões técnicas, a equipe do Ambulatório TT/PB tem realizado formações com a equipe da Maternidade Frei Damião, envolvendo do maqueiro aos profissionais que vão atuar diretamente com essa população.

Ambulatórios TT – O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde disponibiliza políticas de saúde voltadas para a população de travestis e transexuais em dois ambulatórios, um em João Pessoa, que completa no dia 24 de julho nove anos de atendimentos e, em março de 2022, foi inaugurado o Ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais nos mesmos moldes do existente na Capital, no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande. Os dois ambulatórios disponibilizam para pessoas com idade acima de 18 anos acompanhamento com psiquiatra, endocrinologista, urologista, ginecologista, enfermeiro, psicólogo e assistente social.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Anteriores

padre_egidio____foto_reproducao-750x375-1-1-750x375

Caso Padre Zé: audiência de instrução contra padre Egídio de Carvalho é adiada

666bb76c-ae3b-8285-dab9-9bc726fdb94b-800x500

Cícero Lucena decreta luto de três dias e dá nome do vereador Professor Gabriel a escola municipal

enem_202023-900x600

Inscrições para o Enem 2024 começam nesta segunda

WhatsApp Image 2024-05-27 at 15.48.04

Prefeitura de João Pessoa usa drones em ação de combate ao Aedes Aegypti nesta segunda

Luiz Couto 2024

Couto diz que PT sai fortalecido com candidatura própria e aposta em Cartaxo

Raissa Lacerda

Raíssa Lacerda vai assumir vaga deixada por Professor Gabriel na Câmara

Luciano Cartaxo 21

Cartaxo comemora decisão do PT: “Estou feliz e confiante no desempenho”

fabianogomesazul

Fabiano Gomes passará por cirurgia nesta terça em Campina Grande

Luciano Cartaxo e Cida Ramos

PT decide que terá candidatura própria na capital e pesquisa vai definir se será Cida ou Cartaxo

Protesto em frente ao prédio do Ministério da Fazenda em JP

Professores e servidores de instituições federais fazem protesto na Epitácio Pessoa