Rodrigo Soares é candidato a presidente do PT e quer apoio de Luiz Couto

A reunião realizada pelas tendências Movimento PT, Articulação de Esquerda, Resistência Socialista, A Mensagem e Independentes neste sábado, 18, no auditório do Sindicato dos Professores do Estado (Sintep) declarou o apoio desses setores à candidatura do deputado estadual Rodrigo Soares a presidente do Partido dos Trabalhadores na Paraíba. Rodrigo, que é da tendência "Construindo um novo Brasil" – ligada a Ricardo Berzoini – já fala como candidato de fato e disse ao Parlamentopb que vai agendar uma conversa com o deputado federal Luiz Couto para buscar o apoio dele à sua candidatura.

"Sou candidato a presidente do PT e defendo um diálogo amplo no partido para conseguirmos um palanque forte e coeso para nossa candidata a presidente do Brasil, Dilma Rousseff. O momento é o de construir nosso palanque nacional em todos os Estados. Quero conversar com Luiz Couto. Ele não disse oficialmente que é candidato. Eu não tenho como retirar meu nome, por isso, quero o apoio dele à nossa chapa", declarou o parlamentar.

Rodrigo rejeitou a pecha de "pupilo" de Luiz Couto, ao mesmo tempo em que teceu críticas aos setores petistas que têm divergido publicamente da condução do governo de José Maranhão (PMDB): "Não existe isso de pupilo. Eu e Couto sempre tivemos nossas divergências pontuais. Agora, estamos defendendo projetos distintos. Eu acredito que não seja ele, mas assessores e aliados dele que têm adotado uma postura irresponsável de criticar o governo Maranhão, que integramos com o vice, Luciano Cartaxo. Não há lógica em provocar uma crise do partido com Maranhão. Isso é irresponsabilidade", resumiu.

O processo de eleições diretas no PT acontece em novembro.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.