Rodrigo lança candidatura em Patos e Cajazeiras e vai a debate em Pombal

O deputado estadual Rodrigo Soares (PT) estará neste fim de semana em Patos e Cajazeiras, no sertão paraibano, onde lançará a sua candidatura a presidência do Diretório Estadual do Partido dos trabalhadores.

Em Patos o ato de lançamento aconteceu hoje de manhã, às 10h, na sede do sindicato dos Trabalhadores Rurais, no centro. No sábado, também, às 10h será realizado o primeiro debate entre os três candidatos que disputam a presidência do Diretório Estadual. O palco do embate será o auditório da rádio Maringá, no município de Pombal. Estão na disputa o deputado estadual Rodrigo Soares pela chapa “PT Unido e Forte”, o deputado federal Luiz Couto encabeçando a chapa “Uma  Outra Paraíba é Possível” e o empresário Nabal Barreto pela chapa “Avanço com a Militância”. 

As 14h do mesmo dia Rodrigo Soares lança candidatura na cidade de Cajazeiras.  O evento será realizado na Câmara Municipal.

Desde o início do mês Rodrigo Soares vem percorrendo vários municípios paraibanos apresentando a sua candidatura. O deputado explicou que a sua “candidatura surgiu da provocação dos filiados do PT que querem um presidente que escute a todos, um presidente que unifique o partido, que faça com que o PT tenha na gestão um presidente que defenda os interesses do partido.”

Das duas chapas que concorrem ao diretório municipal em Patos a ‘Partido de história e lutas”   encabeçada pelo vereador Edileudo Lucena apóia a candidatura de Rodrigo Soares. O vereador disse que Rodrigo é a melhor pessoa para dirigir o PT paraibano porque ele é o único candidato que “apresenta equilíbrio nas discussões do partido  e na política de alianças, além de ter as melhores propostas para o Diretório Estadual e sobretudo para os diretórios municipais”.

Já na região de Cajazeiras Rodrigo conta, além do adesão de várias lideranças petistas, com o apoio do deputado Jeová Campos. “Eu tenho certeza que o companheiro Rodrigo Soares é o melhor nome para dirigir o Partido dos trabalhadores nos próximos anos, pela visão estratégica que ele tem da Paraíba e do Brasil e mais que isso, pela compreensão sob a manutenção do governo Lula, através da candidatura da companheira Dilma e a manutenção das alianças firmadas em 2006, que levaram o PT a ser governo do Estado hoje. Não esquecendo o seu comprometimento com a luta dos mais humildes e pela transformação da Paraíba” destacou Jeová.

As eleições acontecem no dia 22 de novembro em todo o Estado. Na Paraíba existem 29 mil filiados aptos a votarem no PED.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.