Ricardo garante participação da população em seu Governo

"Vamos discutir até a exaustão com todos os setores da sociedade paraibana as ações para o crescimento do nosso Estado. Vamos implantar um verdadeiro caldeirão popular no Governo ". Assim, o governador diplomado Ricardo Coutinho definiu nesta terça-feira (28) como será a diretriz do seu governo, em especial nos primeiros meses, onde acontecerá um seminário para definição dos principais eixos para serem trabalhados nos próximos meses.

Para Ricardo, o interesse do povo paraibano tem que prevalecer. A implantação do Orçamento Democrático vai servir, assim como funciona na Prefeitura de João Pessoa, para que o povo paraibano possa se pronunciar sobre as necessidades mais urgentes da população.

Por outro lado, Ricardo enfatizou que vai dialogar com os deputados estaduais e federais, independentes de partidos políticos, para viabilizar projetos e definir estratégias para alavancar a economia da Paraíba.

"Quem acompanhou o processo eleitoral sabe. O resultado diz tudo. As disputas foram tão desiguais, com tantos abusos, e ainda assim a população disse que queria um novo projeto para o Estado. Esse estado precisa passar por mudanças e necessitamos de todo o apoio possível para buscar o melhor para o povo paraibano", ressaltou o socialista.

Detran – Ao falar sobre o Detran, o governador diplomado afirmou que o órgão não caminha da forma que precisa caminhar. Para isso, será necessário uma reestruturação ética e funcional, para desburocratizar e melhor atender ao povo.

Cagepa – Sobre a Cagepa, Ricardo ressaltou que é preciso manter o equilíbrio financeiro da empresa, revendo contratações que atentem contra o interesse da população e investindo em obras que possibilitem o bem-estar dos usuários.

Já Deusdete Queiroga, indicado para presidir a Cagepa, revelou que a empresa hoje tem perdas de faturamento na ordem de 40% e que o Governo do Estado vai negociar dívidas com empresas e prefeituras para investir na melhoria dos serviços e recuperar aos poucos o faturamento.

Desafios
– Ricardo garante que o Governo não vai esperar atingir o equilíbrio financeiro do Estado para começar a trabalhar. "Vamos nos desdobrar", falou referindo-se a todos os indicados para as secretárias e direção das autarquias.

"É preciso acabar com a dormência que existe atualmente para fornecer o melhor e atrair o máximo de investimento para a Paraíba", finalizou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.