Ricardo aconselha Maranhão a recorrer à Justiça por R$ 1 milhão

Em sua passagem por cidades do brejo paraibano no último final de semana, o prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB) voltou a criticar ações do Governo do Estado e afirmou textualmente que não vai devolver o dinheiro de um um convênio celebrado à época da gestão de Cássio Cunha Lima (PSDB) para reformar ruas e calçadas do Centro Histórico. Em recente entrevista, o secretário de Planejamento do Estado, Ademir Alves de Melo disse que a administração estadual esperava ter os valores de volta:

"Eu não vou devolver. Vou fazer a obra porque esse convênio foi feito entre eu e o ex-governador Cássio Cunha Lima, mas entre duas instituições, a prefeitura e o Estado. Esse dinheiro não veio por favor, não. O Governo saiu de uma função que ele tinha e a prefeitura entrou. Assumimos todas as despesas com a preservação do patrimônio histórico. Se o Estado quer o dinheiro de volta, vá para a Justiça porque eu não vou devolver dinheiro nenhum", disse Ricardo Coutinho.

O prefeito também comentou a divulgação pelo Governo da intenção de construir um viaduto na avenida Epitácio Pessoa. O socialista disse que o empreendimento não teria serventia para a cidade: "Por que não investir onde precisa realmente ao invés de fazer uma obra faraônica que não vai servir para absolutamente nada?".

Ricardo esteve no final de semana em Guarabira, Araçagi, Mari e Sertaozinho, acompanhado pelo deputado estadual Zenóbio Toscano e pela esposa do parlamentar, Léa Toscano, ex-prefeita de Guarabira.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.