PSTU realiza ato pela criminalização da homofobia amanhã em João Pessoa

O PSTU convocou sua militância e a população pessoense para participar neste sábado (20) de um ato pela criminalização da homofobia e em homenagem as vítimas de crimes homofóbicos na Paraíba, como João Donatti e Lyla Levinsk. O ato acontecerá a partir das 16h, com concentração no Busto de Tamandaré, em Tambaú.

 
Segundo Rama Dantas, candidata do PSTU ao Senado Federal, a  Paraíba é o estado campeão em crimes homofóbicos. “Na quarta-feira (17) aconteceu mais um crime brutal. O jovem de 17 anos Lyla Levinsk (Wanderson Silva) foi assassinado com requintes de crueldade. Seu cabelo, que era tingido de vermelho, foi raspado e colocado em um saco, além de ter sido espancado e morto com um tiro”, disse a candidata.
 
Rama Dantas ressaltou que, infelizmente, casos como esse não acontecem apenas na Paraíba e trazem a tona o que há de mais sórdido em nossa sociedade, o preconceito, neste caso a “LGBTfobia”.
 
A candidata disse que é de extrema urgência tornar a homofobia crime, pois permitirá não somente a diminuição da violência contra os LGBT’s, como garantirá o avanço na dignidade destes nos mais variados espaços sociais, como escolas e universidades, trabalho, áreas de lazer, dentre outros”.
 
Para o PSTU, é necessário garantir uma série de leis e políticas públicas para a população LGBT. Entre as principais delas estão a aprovação da Lei João Nery, o programa de combate à homofobia na escola, o programa de atendimento às necessidades de saúde específicas dos LGBTs no SUS e a tipificação do estupro corretivo contra lésbicas como crime.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.