Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Presidente do PT teme isolamento em João Pessoa seja com Cida ou Cartaxo

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O presidente do diretório do PT da Paraíba, Jackson Macêdo, não esconde sua preocupação com a tendência majoritária da legenda que defende candidatura própria na capital. Enquanto Luciano Cartaxo e Cida Ramos, ambos deputados estaduais, disputam a indicação do partido à sucessão municipal, Jackson analisa que o quadro ficará polarizado entre o atual prefeito Cícero Lucena e um nome da direita, que pode ser Marcelo Queiroga (PL) ou Ruy Carneiro (Podemos). Sendo assim, o PT teria sérias dificuldades de sobressair nas urnas em outubro.

“A candidatura do PT tem muita força. Se vence a eleição, eu não sei. O cenário que está se montando é muito difícil para o PT. Eu tenho dito internamente que quem quer que seja vai enfrentar muitas dificuldades. Vamos enfrentar a máquina pública, a divisão da nossa federação… Sargento Dênis já disse que o PV vai estar com Cícero. Isso é um problema. Outro é que os principais partidos do campo progressista de João Pessoa começam a apoiar Cícero. Mas, eu não sou maluco de malhar em ferro frio. Percebo que dentro do PT é quase unanimidade a vontade de disputar a eleição. Eu tenho como dirigente o direito de falar do risco de isolamento e do risco de perdermos nosso único mandato de vereador, mas a militância insiste nessa tese e eu vou acompanhar a maioria”, resumiu.

Pessoalmente, Jackson defende o nome de Cida Ramos caso a candidatura própria seja aprovada internamente. “Espero que seja o nome dela e que todo mundo vá para a campanha defender o que a maioria aprovar”, explicou Jackson.

O presidente do PT de João Pessoa afirma que a deputada se manteve alinhada com a ideologia petista mesmo quando esteve filiada ao PSB: “Quando Fernando Haddad foi candidato, Cida foi às ruas conosco. Ela nunca disse que o PT era um partido corrupto”, declarou, numa clara alfinetada em Luciano Cartaxo, eleito prefeito de João Pessoa em 2012 pelo PT e que depois deixou a legenda.

As declarações foram dadas em entrevista ao Correio Debate da 98 FM.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

OAB PB

OAB-PB publica edital de lista sêxtupla para vaga de desembargador do TJPB

PM apreende armas e celulares com facção que planejava ataques em Santa Rita

Presos suspeitos de integrar facção que planejava matar ‘rivais’ em Santa Rita

PM, força tatica

Líder criminoso do Maranhão é preso novamente pela PM em João Pessoa

TCE 2021

TCE aponta excesso de servidores contratados em 44 municípios da PB

caminhaotombado

Caminhão com asfalto tomba em vala da BR 230 em Santa Rita

apreensao1 (1)

Operação cumpre mandados de prisão contra facção criminosa na Paraíba

padrastgo

Padrasto tenta culpar ex-esposa, mas pega 42 anos por assassinato de Júlia

hugomottaeministro

Ministro informa a Hugo que Paraíba deve ganhar novo aeroporto em São Bento

fasfasg

Célio Alves promete recorrer de condenação por violência de gênero

Edicoes-coisas-pra-ajeitar-1_Easy-Resize.com_-1

PGR denúncia Pâmela Bório por associação criminosa nos atos do 08 de Janeiro