Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Prefeitura de São Paulo confirma morte de criança por meningite

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Uma criança, de cinco anos de idade, morreu de meningite meningocócica no hospital municipal Carmen Prudente, na zona leste da capital paulista, na última quinta-feira (22). De acordo com a Secretaria de Saúde da prefeitura, a criança havia dado entrada, horas antes, na unidade de pronto atendimento (UPA), do mesmo bairro, com sintomas da doença.

“A equipe médica da UPA e do HM Cidade Tiradentes seguiram todos os protocolos recomendados, utilizando os equipamentos de proteção individual (EPIs) durante todo o atendimento. Não havendo, até o momento, qualquer outro caso relacionado”, disse a secretaria, em nota.

Conforme a secretaria, os leitos de emergência da unidade hospitalar são separados por cortinas e que os outros pacientes não foram expostos ao risco de contaminação.

Meningite

A meningite é um processo inflamatório das meninges – membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal – que pode ser causado por vírus ou bactérias. A meningite bacteriana tem letalidade maior e mais chances de complicações, mas para esse tipo da doença há vacina disponível no calendário previsto pelo Ministério da Saúde.

Na capital paulista, a vacina está disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs)/UBSs integradas de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados nas AMAs/UBSs Integradas, também das 7h às 19h.

O imunizante contra a meningite meningocócica C deve ser aplicado em bebês de 3, 5 e 12 meses. Já o de meningite ACWY atualmente é aplicado na faixa etária de 11 a 14 anos de idade. Desde o dia 25 de maio, professores e adolescentes de 15 a 19 anos podem receber a vacina de meningocócica C.

O modo de transmissão da doença se dá pelo contato direto entre pessoas, por meio de secreções respiratórias de pessoas infectadas. De janeiro a maio deste ano, foram registrados 312 casos de meningite bacteriana na cidade de São Paulo, entre todas as faixas etárias, resultando em 12 óbitos. Em 2022, foram registrados 174 casos, com 19 mortes.

 

 

 

Por Agência Brasil

Foto: Pixabay/Ilustrativa

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

gervasioliderancas (1)

Gervásio debate desafios e oportunidades com principais lideranças políticas e empresariais

ospotiguarasnorio2013

Justiça Federal dá vitória aos potiguaras de Monte Mor em ação contra Funai e União

jorgeca

“Jorge da Capadócia”, primeiro filme mundial sobre São Jorge, entra em cartaz

feretroagassiz (1)

Família, amigos e autoridades se despedem de Agassis Almeida durante velório

sergioqueoroz (1)

Apesar de aceitar vice, Sérgio comenta eventual escanteio e garante que não aceita polarização

micheleramalhofpf (1)

Presidente da FPF organiza encontro entre OAB Nacional e CBF

Centro-Administrativo-pb-640x388

Pagamento dos salários de abril dos servidores estaduais será efetuado dias 29 e 30

daniellafatima (3)

Liderança feminina é tema de painel que reúne senadora, advogadas e desembargadora

dinheiro-ab

INSS começa a pagar primeira parcela do 13º na quarta-feira; veja calendário

Pai que matou o filho é preso

Polícia prende homem que matou o filho ao tentar defender a mãe de agressões