PMDB espera mais de 300 lideranças dia 8 em João Pessoa

O PMDB da Paraíba vai reunir mais de 300 correligionários da base e da cúpula partidária em seu Congresso Estadual, que será realizado durante todo o próximo dia 08 de junho, no Salão Paraíba do Hotel Tambaú, em João Pessoa, A Fundação Ulysses Guimarães, no Estado, é parceira do Partido na organização e realização do evento, que deverá contar com a participação do governador José Maranhão, dos presidentes do Senado e da Câmara Federal, senador José Sarney e deputado Michel Temer; da presidente nacional do PMDB em exercício, deputada Íris de Araújo; do presidente nacional da Fundação Ulysses Guimarães, deputado Eliseu Padilha e representantes do PMDB Mulher e PMDB Jovem.

As bancadas federal e estadual, os prefeitos, vereadores e dirigentes dos Diretórios e Comissões Provisórias do PMDB nos 223 municípios paraibanos, já confirmaram presença no evento.

A iniciativa do PMDB paraibano, segundo o seu presidente estadual, Antonio Souza da Silva, é uma preparação para o Congresso Nacional do partido. E o tema, tanto no Estado quanto a nível nacional, será “A Proposta do PMDB para Governar o Estado e o Brasil”.

No entendimento do presidente Antonio Souza, a mais importante referência para o Plano de Governo do PMDB será a síntese estadual do questionário Roteiro de Ações Estaduais, que serão preenchidos e entregues pelos Diretórios Municipais do Partido durante o Congresso. O documentou questiona os correligionários sobre as ações que julgam mais importantes em 15 tópicos que integram a administração pública, entre as quais agricultura, ciência e tecnologia, investimentos e meio ambiente.

As respostas aos questionários – que resumem o pensamento da base do PMDB na Paraíba – serão tabuladas pelo Diretório Estadual. O presidente Antonio Souza destaca que o partido trabalha de forma coletiva, mesclando atuação técnica e partidária. “Estamos mobilizando as bases e trabalhando de baixo para cima. O resultado deste debate se refletirá em um plano de governo que corresponda às reais necessidades da população”, argumenta. O Plano de Governo será a plataforma do PMDB para as eleições de 2010.

O presidente fez referência à mobilização dos peemedebistas na elaboração do plano de governo do partido e elogiou a atuação da militância nesse sentido. Anunciou que cada questionário entregue à direção do PMDB será registrado e levado em consideração no momento de editar o documento final.

Lembrou, por fim, o projeto de Ensino a Distância (EAD) coordenado pela Fundação Ulysses Guimarães, que está construindo massa crítica dentro da legenda e que, segundo ele, fará a diferença nas próximas eleições. “Somos o maior Partido na Paraíba e no Brasil e estamos nos preparando para ser uma agremiação ainda maior”, disse.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.