Menina que desapareceu a caminho da escola é encontrada em Santa Rita

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A garota Ana Beatriz Andrade, de 12 anos, que havia desaparecido na manhã de ontem depois de sair de casa antes das 7 horas para ir à escola no bairro de Mangabeira foi localizada hoje de manhã. Ela estava em um galpão no bairro de Marcos Moura, em Santa Rita.

O Coronel Gutemberg disse que um vigilante viu a menina caminhando pelo bairro e a reconheceu. Ele pediu que ela entrasse no galpão e avisou a polícia. “Ele reconheceu a menina por causa da foto que foi distribuída pela imprensa. Ela está bem fisicamente, mas desnorteada, meio aérea”, disse o militar.

Ela disse que pegou cinco ônibus e circulou pela capital paraibana várias vezes até decidir se deslocar para Santa Rita, onde chegou no início da noite. Ela passou a noite em um galpão abandonado. De manhã, o vigilante de um centro de distribuição nas proximidades estranhou a presença da garota e chamou-a para que ficasse lá. Foi quando ele avisou a polícia sobre a localização da menina. “É uma área de indústrias. Não tem o que uma criança fazer aqui. Por isso, eu chamei a menina para ficar na portaria. Dei água e café”, disse Tony, o vigilante que acolheu a garota.

As últimas imagens de Ana Beatriz haviam sido obtidas por câmeras de segurança no bairro dos Bancários e nelas a menina estava conversando com um homem, como se pedisse informações. Depois, ela segue na direção contrária ao cidadão com quem havia falado.

O pai da estudante percebeu o desaparecimento dela quando foi à escola buscá-la. Quando soube que ela não tinha chegado ao local, entrou em desespero e procurou a polícia para registrar o desaparecimento da filha. Nas redes sociais, uma foto da menina com os dados sobre seu desaparecimento circulou e no fim da tarde os pais de Ana Beatriz foram informados de que ela teria sido vista na orla marítima de João Pessoa.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

Anteriores

apreensao drogas gadanhe

MAIS LIDAS