Medalha Augusto dos Anjos é concedida ao jornalista Inocêncio Nóbrega

O livro “Independência no Grito e na Raça”, do jornalista e escritor Inocêncio Nóbrega Filho foi lançado hoje na Assembléia Legislativa da Paraíba. Na ocasião, o autor também foi homenageado com a concessão da Medalha Augusto dos Anjos, através da proposição do deputado estadual Dunga Júnior (PTB).

Em uma sessão prestigiada por autoridades e representantes da cultura paraibana, Dunga Júnior ressaltou a importância do jornalista, que desde a década de 50 milita na imprensa paraibana, além de seu envolvimento nas batalhas nacionalistas, sobretudo na época da ditadura militar.

“Um grande historiador, um grande homem, que um tem legado grandioso pela Paraíba. Uma homenagem mais do merecida a esse homem, pelo seu histórico e pela sua luta. O sabor de viver faz parte da vida do homenageado E também por ser prata da Casa, já que foi funcionário da ALPB por muitos anos”, afirmou o parlamentar.

Já o jornalista agradeceu a todos os presentes e em especial à Mesa Diretora da ALPB pela homenagem e também falou sobre a sua segunda obra. “É um resgate dos que escreveram sobre a história do Brasil. Agradeço a homenagem prestada, e dedico aos colegas jornalistas”, ressaltou Inocêncio Nóbrega.

De acordo com ele, o livro trata de todo o processo de Independência do Brasil, começando em 1630, com o enforcamento de Domingos Escalabar e culminando em 1831, com a abdicação de dom Pedro e o envolvimento do jornalista paraibano Antônio Borges da Fonseca.

Atualmente, Inocêncio mora na cidade de Maceió, em Alagoas, onde escreve para o jornal Tribuna Independente e também para o jornal paraibano Contraponto.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.