Maranhão diz que Ricardo blasfema ao acusá-lo de só pensar em eleição

O governador José Maranhão (PMDB), pré-candidato à reeleição, rebateu hoje as declarações do seu adversário, ex-prefeito Ricardo Coutinho e pré-candidato ao Governo do Estado, de que ele só está pensando em eleição e faria uma administração voltada apenas para o dia 3 de outubro. “Isso é uma blasfêmia. Ele (Ricardo) não pode falar neste assunto, se não deu bom exemplo”, afirmou.

Em entrevista, concedida após a solenidade de posse de Nailton Ramalho e Diego Tavares, José Maranhão não poupou críticas à postura de Ricardo Coutinho por ter visitado diversos municípios durante o período em que ainda respondia pela administração municipal da capital e acrescentou que ele teria feito, ilegalmente, nomeações de servidores que não tinham residência em João Pessoa e nem o propósito de trabalhar.

“Quem agiu como ele (Ricardo), durante toda a administração, toda a semana visitando todos os municípios, fazendo nomeações, inclusive, nomeando quem não tem residência aqui nem o propósito de trabalhar não pode falar nesse assunto. Ele não pode falar se não deu bom exemplo”, disse.

O governador ainda considerou como sendo "muito fraca" a chapa anunciada por Cássio Cunha Lima, na qual Efraim Morais figuraria também para o Senado, no agrupamento de Ricardo Coutinho.

Sobre a indicação do vice, Maranhão disse que tem até junho para escolher e definir um nome que possa compor sua chapa majoritária. Ao ser indagado se já tinha alguns nomes pré-definidos ou uma carta na manga para resolver essa questão, o governador brincou: “Agora, não. É segredinho”.

Posse – José Maranhão empossa, de manhã, os secretários de Estado, Márcio Diego Fernandes Tavares de Albuquerque, na Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, e Nailton Rodrigues Ramalho, na Secretaria da Receita Estadual. A solenidade aconteceu no Palácio da Redenção.

“Essa mudança parcial na equipe acontece de forma positiva por estarmos incorporando ao Governo duas pessoas tão qualificadas quanto as que vinham exercendo anteriormente”, disse Maranhão.

A posse aconteceu na manhã de hoje, ao som do músico Jurandy do Sax, que interpretou o clássico "Bolero", de Ravel. Ainda em seu discurso, o governador Maranhão ressaltou que os dois secretários empossados são pessoas que trazem o perfil do governo e respeitam os compromissos relacionados ao desenvolvimento da Paraíba.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.