Luciano Cartaxo atribui “jogo bruto” político ao PSB

O pré-candidato do PT a prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, comentou hoje no Tambaú Debate da Nova Tambaú FM a desistência do prefeito Luciano Agra (PSB), que preferiu não disputar a reeleição. Ao tratar da saída do socialista da corrida sucessória, ele citou trechos da carta do gestor e atribuiu ao próprio PSB a natureza das queixas de que estaria havendo "um jogo bruto" no cenário político pessoense:
 
– O jogo bruto foi feito no próprio PSB. A oposição ao prefeito fez seu papel de denunciar. Quem tem que defender o prefeito é a base aliada. Se não houve solidariedade ou defesa eficaz, o problema não é da oposição. 
 
Cartaxo acrescentou que já manteve contatos com lideranças petistas da ala simpática ao PSB como Benilton Lucena e Jackson Macêdo para tentar atrai-los à tese de unidade e da candidatura própria petista.
 
– Já conversei com vários companheiros porque a candidatura de Agra não existe mais. Nós queremos a unidade do partido e sentimos que este momento é de fortalecer o partido. A militância cansou de carregar a bandeira de outros partidos.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.