Justiça obriga prefeita de Monteiro a fazer repasse da Câmara

O Presidente da Câmara Municipal de Monteiro, Paulo Sérgio de Lima (PSB), negou hoje que seja verdadeira a informação distribuída pela prefeita Ednacé Henrique (PSDB) neste domingo, afirmando que o repasse do duodécimo da Câmara Municipal de Monteiro, havia sido feito no último dia 20. Segundo ele, somente hoje o repasse foi feito, depois de impetrado um mandado de segurança com pedido de liminar.

A decisão foi da juíza da comarca, Vanessa Andrade Dantas Liberalino da Nóbrega, que encaminhou ofício ao Banco do Brasil, para que seja feito o devido repasse. Em sua sentença datada de hoje, a magistrada determinou o bloqueio de até R$ 95 mil na conta do Município de Monteiro referente ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A determinação foi oficiada ao gerente do Banco do Brasil da cidade, assim como à gestora, que tem 10 dias para prestar suas informações, e ao representante do Ministério Público Local.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.