Justiça manda penhorar bens da deputada Doutora Paula

A juíza da 4ª Vara Mista da Comarca de Cajazeiras, Mayuce Santos Macedo deu 30 dias para o Ministério Público indicar bens da deputada estadual Dra. Paula Francinete para penhora. A providência se dá por causa de uma execução de título executivo extrajudicial referente ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que a deputada descumpriu ao contratar servidores e não fazer concurso, quando foi secretária de saúde de Cajazeiras.

Além de Paula, o Ministério Público do Estado da Paraíba processou ainda o marido dela José Aldemir Meireles de Almeida e Thyago Souza Macambira, então secretário municipal de Administração.

Em 2017, Paula assinou um TAC e se comprometeu a não contratar servidores para o município de Cajazeiras sem que fosse realizado concurso público. Mas, o termo não foi cumprido e, por isso, a penhora foi solicitada. Um dos veículos de José Aldemir já entrou na penhora e agora devem ser relacionados bens de Paula.

O ParlamentoPB entrou em contato com a prefeitura de Cajazeiras, mas até agora não obteve explicações sobre o ocorrido.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.