Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Julian afirma que família de Bolsonaro pode atentar contra ele: “Quem vier, sai todo furado”

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Quatro seguranças dão proteção ao deputado federal Julian Lemos (União Brasil). Hoje, em João Pessoa ele revelou que já foi ameaçado, mas de forma anônima por “gente frouxa”. Além disso, o parlamentar disse que toma providências para garantir a própria integridade. “Eu já fui ameaçado, sim, mas por gente frouxa que não diz o nome. Agora, eu não vacilo com segurança. Sempre andei com segurança. Eu tenho quatro seguranças. Por que? porque eu sei de onde eu vim, sei da família presidencial como é covarde. Eles têm a força da Abin [Agência Brasileira de Inteligência, da Polícia Federal, então, eu cuido da minha proteção e da minha família porque sou um homem de segurança a 18 anos. Sou atirador profissional. Eu não dou vacilo, não. Se vier fazer mal a mim, sai todo furado”, disse.

Sobre política, Julian afirmou que votará em Pedro Cunha Lima (PSDB) para governador da Paraíba, apesar de ter elogiado o governador João Azevêdo (PSB). Em resposta a um ouvinte da Rádio Arapuan que indagou porque ele teria paquerado com o governador e iniciado namoro com o tucano, ele disse. “Eu namoro muito com Manuela, minha esposa. Não tenho namoro com João nem com Pedro, mas tenho um bom relacionamento com o governo do Estado. Hoje, estou num grupo que é o de Pedro, mas não sou contra o Governo. Todas as vezes que João me chamar para fazer bem à Paraíba, eu vou. Eu nunca disse que votaria em João e nem neguei meu discurso. Eu fui à filiação de João ao PSB porque eu o respeito. Aqui, na Paraíba, oposição e situação vivem se digladiando e é por isso que o Estado só recebe migalhas”.

Julian também opinou sobre a sucessão presidencial e em relação ao fato de ter defendido a pré-candidatura de Sergio Moro, que estava no Podemos e acabou migrando para o União Brasil que agora anunciou Luciano Bivar como pré-candidato ao Palácio do Planalto: “Tudo pode acontecer até as eleições. Eu posso morrer, você também, imagine recuar! Pelo que eu saiba, Moro não desistiu de ser candidato a presidente. Se Bivar for o candidato, eu apóio. Se for, Moro, sou entusiasta. Moro candidato iria abrilhantar e fortalecer o debate porque é muito ruim pensar que as opções serão apenas Lula e Bolsonaro”, resumiu.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Anteriores

edsonfachin

Ministro do STF decide arquivar ação contra reeleição antecipada de Adriano Galdino

Sodiê

Governo da Paraíba dispensa emissão de documentos fiscais em mercadorias doadas ao RS

lovina

MPF intervém e Prefeitura de Cabedelo demole obra ilegal de contenção marítima do Lovina

chuvasrs (1)

Com chuva forte, água sobe pelos bueiros e volta a inundar ruas em Porto Alegre

1af1367b-89e5-4e87-ae7e-586266147ed4

Paraíba participa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite a partir de segunda

tourinho1 (1)

APCA homenageia imprensa da Paraíba com a Comenda Acadêmico Mário Tourinho

Poste, batida

Paraíba registra 242 colisões em postes este ano; João Pessoa e Campina lideram

Lixão a céu aberto

Prefeitura de Catolé do Rocha deve pagar indenização por lixão a céu aberto

Luciano Cartaxo 3

Luciano Cartaxo tem alta e deixa hospital em João Pessoa

PF operação

Operação da PF mira empresas clandestinas de segurança privada