Jornalistas alagoanos anunciam greve a partir de terça; apresentadores vestem preto

A decisão das TVs Pajuçara, Ponta Verde e Gazeta de reduzir 40% dos salários dos jornalistas mobilizou a categoria que marcou início de uma greve geral na próxima terça (25), por tempo indeterminado, começando o calendário de mobilizações nas portas das TVs Gazeta, afiliada da Rede Globo em Alagoas, TV Ponta Verde (SBT) e Pajuçara (Record).

Serão montadas tendas nas portas das TVs o dia inteiro.

As empresas alegam redução das receitas para os cortes nos salários dos jornalistas, mas não querem a redução da carga horária dos profissionais.

O governador de Alagoas, Renan Filho, anunciou apoio à greve dos jornalistas e em vídeo declarou afirmou ser “contrário a qualquer redução salarial” e disse que os trabalhadores “se programam para viver dentro do valor acertado”.

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) Tutmés Airan também expressou sua solidariedade à categoria e foi contrário à proposta de redução salarial.

A Central Única dos Trabalhadores em Alagoas (CUT-AL) emitiu nota na qual afirma que “repudia veementemente a atitude das empresas de comunicação do Estado de Alagoas que, no processo de negociação do acordo coletivo de trabalho com os jornalistas, apresentaram a indecorosa proposta de redução do piso salarial da categorial em 40%. Trata-se de uma proposta absurda, pois o piso dos jornalistas foi uma conquista histórica da categoria, obtida depois de muita luta pela valorização da profissão em nosso estado. A proposta de redução do piso é mais uma tentativa de precarizar as condições de trabalho, jogando sobre as costas dos trabalhadores seus problemas de gestão. A CUT-AL está solidária aos jornalistas alagoanos neste momento em que a profissão sofre um grande ataque por parte dos patrões”.

2 comentários

  • Gerson Phiffer
    09:48

    Que falta de respeito com a categoria dos jornalistas em greve. Lamentável a atitude desses empresários e dos jornalistas que aceitam esse convite para furar a greve. ?

  • Zé Mané
    09:48

    kkkkk Acabou o dinheiro público e a receita dos comunistas que roubavam o Brasil ACABOU CANALHAS!!!!!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.